Thursday, 1 December 2016

Makeover // Do café ao marshmallow

Como já devem ter reparado por aquilo que tem vindo a chover ultimamente ultimamente nas redes sociais, aqui a gata já não é morena. (Eu sei... Eu sei... Já vou dois dias tarde. Mas perdoem-me. Ontem fiz anos, e é muito errado fazer um post no dia de anos! Vocês sabem disso!) Não, não. Resolvi entrar em grande nos meus 26 anos, e, na véspera do meu aniversário, pus pés ao caminho até ao salão (após os cuidados apropriados que tive durante duas duras, mas duras, semanas), e lá fui eu fazer a mudança mais drástica que fiz à minha cabeleira até ao dia de hoje. 

O mais radical que havia sido com os meus lindos cachos foi tingi-los de um belo laranja cenoura, que, mesmo assim, nem durou muito; por alguma razão o meu cabelo rejeita com bastante afinco o pigmento vermelho, e torna-o demasiado seco, por muitas máscaras, baratas ou caras, boas ou más, que lhe ponha em cima -- mesmo que durma com elas (até com a tortura dos sacos de plástico a fazer de touca envolvidos...).

Bem, vamos ao que interessa...


1. A preparação:

Como o meu cabelo estava carregadinho de pigmentos vermelhos dos meus passados affairs com os tons ruivos, eles tinham, obrigatoriamente, de desaparecer, uma vez que a descoloração não seria suficiente para nos livrarmos deles. Como tal, andei a lavar, religiosamente, durante duas semanas, o meu cabelo com Head & Shoulders (por vezes, misturado com bicarbonato de sódio e a deixar a atuar durante 20 minutos - mais coisa menos coisa - sem esquecer a máscara a seguir). Já agora, há que salientar que não pintava o cabelo há cerca de 3 meses, portanto a tinta a decapar não era assim tanta quanto isso.




2. O derradeiro dia:

Comecei às 10h da manhã. Dez. Horas. Da. Manhã. Saí às 17h. Desnecessário será dizer que nunca tinha passado tanto tempo dentro de um cabeleireiro (até porque a minha rotina de beleza costuma ser "é só aparar a franja e as pontas, por favor", e sair), portanto, admito que dou uma palmadinha nas minhas próprias costas por ter aguentado estar sentada numa cadeira durante tantas horas. 




Após duas(!) descolorações, e ter estado numa espécie de nave espacial (bastante quentinha, por sinal), que não me levou a Marte, nem a qualquer sítio que se pareça, saí de lá... uma vassoura loura. 




E foi aí que a magia começou a acontecer. Claro que os segredos do ofício nunca se revelam, nem eu revelarei os que foram aplicados em mim. Só vos digo que o que estão a ver agora, nas fotos acima, é muito, muito diferente, do resultado final. Ora vejam...


3. The final outcome!






Então, o que acham? Boa, ou má loucura? Eu cá acho que comecei os 26 com o pé direito!

- Ana

7 comments :

  1. Adorei!!
    Eu estou a tentar arranjar coragem também! ;)

    http://psicologia-sem-psicologa.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Força nisso! Só custa o primeiro passo; sempre se pode voltar atrás! ;)

      Beijinho!

      - A

      Delete
  2. Ola Linda:) Adoreiii o look:) Giraaaa:)
    Obrigada Bjs Open Kloset By Karina
    Novo:http://openklosetfashion.blogspot.pt/2016/12/adlib-restaurante-and-art-de-noel.html?m=1#more

    ReplyDelete
  3. Ficou tão querido o cabelo, gostei bastante!

    Marli, do My Own Anatomy ♥

    ReplyDelete
  4. aww adoro, fiquei com vontade de voltar a tons do genero tb! :D

    btw ja sigo o blog, adorei <3

    https://rrriotdontdiet.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  5. Ficou super giro, adoro ver o teu cabelo assim :)
    Adorei o teu blog e já te estou a seguir eheh

    Beijinhos,
    Shades of a Girl

    ReplyDelete